Destaques

Evento científico promove o debate sobre as contribuições da ciência na redução das desigualdades

Nos dias 25 e 26 de outubro o Câmpus Posse da UEG promoveu a 2ª edição da Semana de Iniciação Científica, o evento faz parte das atividades do Câmpus para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e discutiu a temática "Ciência para a redução das desigualdades". 

Leia mais...

Câmpus Posse recebe estudante de intercâmbio nacional do Estado da Paraíba

Por meio do Programa de Mobilidade Nacional da Associação Brasileira de Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), instituição na qual a UEG faz parte, o Câmpus Posse recebeu neste semestre uma estudante do Estado da Paraíba.


Zilmara Oliveira é discente do curso de Matemática do Câmpus VII – Patos-PB – Centro de Ciências Exatas e Sociais Aplicadas da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). A estudante paraibana afirma que escolheu o Câmpus Posse após pesquisar bastante sobre a universidade e a cidade, pois, segundo ela, "queria viver uma experiência real de intercâmbio, onde não conhecesse nada e nem ninguém, mas, que ao mesmo tempo proporcionasse-a um ensino de qualidade e que fosse enriquecedor como estudante e como pessoa". Ela afirma ainda que por ser do interior gosta da rotina de cidades pequenas, e mesmo também tendo sido aprovada para a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), optou pela UEG Câmpus Posse pelas vantagens de ensino qualificado, qualidade de vida e por já conhecer o Rio de Janeiro e desta forma, a experiência de intercâmbio não seria a mesma caso fosse em um lugar que já conhecido.

Foto: Montagem/reprodução

Sobre a experiência de estudar na UEG Câmpus Posse Zilmara descreve "A experiência de estudar na UEG Câmpus Posse está sendo muito enriquecedora para mim. A qualidade do ensino, a atenção por parte de todos, os projetos executados pela universidade, realmente tudo têm me chamado bastante atenção e despertado meu interesse. Cada dia estou aprendendo mais e isso é muito gratificante, além de já ter desenvolvido amizades no Câmpus que com certeza quero levar para a vida".

A discente destaca ainda "que programas de intercâmbio como esse deveriam ser cada dia mais divulgados e explanados pelas universidades públicas, pois essa troca de experiência atrai diversos benefícios não só para o aluno, que acaba aprendendo bastante como discente e como pessoa, mas também para a própria universidade, tanto a que envia o aluno como a que o recebe, pois a troca de culturas e aprendizagens é sempre gratificante e benéfica".

A Abruem, entidade que viabiliza este programa de intercâmbio, possui mais de 40 universidades públicas associadas, além da UEPB, outras instituições como USP, Unicamp e UERJ também fazem parte. Veja a lista completa de instituições afiliadas.

Destaques

Links Importantes